Escolha uma Página
No Brasil, de norte a sul, muitas dioceses já tiveram que cancelar as missas para enfrentar a pandemia do coronavírus. A distância com os fiéis, porém, é somente física, devido às alternativas oferecidas pelas redes sociais: “estamos ajudando as famílias para que tornem as suas casas uma verdadeira igreja doméstica”, disse Pe. Anísio José, do Santuário do Sagrado Coração de Jesus, em Joinville/SC.

Andressa Collet – Cidade do Vaticano

A Igreja de Santa Catarina, seguindo disposições das autoridades e realidades vividas tanto no Brasil como em outros países, como na própria Itália, tem enfrentado a pandemia do coronavírus suspendendo missas e procissões. As medidas de restrição foram divulgadas ainda no início da semana, quando o arcebispo de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu Jönck, publicou um decreto para orientar a comunidade. O próprio Estado de Santa Catarina também impôs medidas restritivas, como a proibição de se realizar eventos durante um prazo de 30 dias.

Ouça a reportagem

A recepção da comunidade

Nas redes sociais, grande parte dos fiéis acataram as decisões da Igreja. Rosemira Fernandes, por exemplo, disse que vão “orar em casa, em família”. O pe. Philipe Damazo agradeceu por hoje termos esses veículos “que possibilitam, nesses momentos de crise global, alcançarmos nossos paroquianos com a celebração da Santa Missa”. As missas não deixaram de ser rezadas pelo povo, lembrou o sacerdote, “mas estaremos protegendo o nosso povo”.

Santuário do Sagrado Coração de Jesus, em Joinville/SC.

Programe-se com a sua diocese!

No Santuário do Sagrado Coração de Jesus, em Joinville/SC, pe. Anísio José, confirma que todas as igrejas estão fechadas, inclusive para a oração. As redes sociais servem de ponte para rezar com os fiéis:

“Passamos, então, a transmitir pelo Facebook, pela nossa página, pelas mídias, missa diária direto da Capela da nossa casa paroquial. Nós somos em três religiosos dehonianos. Temos programação a partir das 7 horas da manhã até às 19h30, com a Santa Missa diária, de segunda a sexta. A programação continua aos sábados e domingos, sempre pela página do Santuário Sagrado Coração de Jesus.”

Santuário do Sagrado Coração de Jesus, em Joinville/SC.

Paróquia Online de Biguaçu

Desde a última quinta-feira (19), a Paróquia São João Evangelista, de Biguaçu/SC, disponibiliza o projeto “Paróquia Online”, para levar a Palavra de Jesus aos fiéis que estão em quarentena. Os fiéis podem enviar as intenções de oração através da própria página no Facebook ou também pelo Instagram (@psjebiguacu).

O Santuário Santa Paulina, complexo dedicado à primeira santa do Brasil, que fica na cidade de Nova Trento, em Santa Catarina, também suspendeu as missas. Neste período, está transmitindo as celebrações eucarísticas diariamente, às 10h, direto dos estúdios locais, e podem ser seguidas pela página do Santuário no Facebook.

“Nossas atitudes vão ao encontro da Igreja e das orientações da Organização Mundial da Saúde. Queremos proteger e valorizar a vida de devotos, peregrinos, colaboradores, comunidade local e visitantes. Que Santa Paulina abençoe e proteja todos os enfermos neste momento difícil no mundo”, afirmou Ir. Anna Tomelin, diretora do Santuário. Pe. Anísio, reforçou o pedido de orações:

“É tempo de rezar. Nós, aqui no Brasil, talvez como em nenhuma outra ocasião, temos a oportunidade de viver bem a Campanha da Fraternidade deste ano, que tem a vida como um grande chamado e somos convidados, então, a exemplo do Bom Samaritano, ajudar quem mais necessita. No nosso caso aqui, estamos ajudando as famílias para que tornem as suas casas uma verdadeira igreja doméstica, que pode ser, neste momento de provação, uma grande oportunidade para todos.”

“Deus conosco”, em Libras

A Arquidiocese de Goiânia, através de um comunicado oficial de quarta-feira (18), também se posicionou com novas disposições e justificou que, “ao me proteger, protejo os mais fracos, os mais expostos: idosos, adultos frágeis, crianças doentes. É esse o sentido de qualquer cancelamento ou adiamento, mesmo com sacrifício pessoal e comunitário de muitas iniciativas que fazem parte da nossa ação evangelizadora e sacramental habitual.”

Diante dessa realidade, também lançou uma campanha nas redes sociais para incentivar os cristãos a se cumprimentarem com a mensagem “Deus conosco”, por meio de um sinal da Língua Brasileira de Sinais que pode ser conferido na página oficial da Arquidiocese no Instagram. Para participar, basta compartilhar um vídeo com as hashtags: #EuFicoEmCasa, #DeusConosco, #rezemosjuntos, #juntoscontraocoronavirus.

Fonte: https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2020-03

Compartilhe esta postagem: