Escolha uma Página

09. Para Crescer na Graça

O mais importante da vida cristã é ser cheio do Espírito Santo, pois ser cristão é ser ungido com o Espírito assim como foi o Cristo. Logo, o que precisamos fazer para crescer nessa Unção? São Paulo nos exorta a: “deixai-vos conduzir pelo Espírito”, “deixais guiar pelo Espírito”; “se vivemos pelo Espírito, andemos também de acordo com o Espírito” (Gl 5,16.18.25).

Quando o Espírito Santo começa a agir em nossas vidas, começam a surgir os frutos de Sua Vida Divina em nós. Para podermos crescer é necessário ser dócil aos impulsos do Espírito Santo que nos convida a dá passos na vida espiritual.

Primeiro Passo: A Oração e a Santa Devoção. Uma das primeiras coisas que o Espírito Santo provoca em nós é o desejo por Deus e a busca da união com Ele por meio do louvor e da meditação da Palavra. Principalmente, através da participação na Santa Missa, uma vez que nela participamos do banquete do Senhor, sendo alimentados pelo próprio Cristo que se faz presente na Eucaristia.

Segundo Passo: O Perdão.  Ao termos a experimentado o perdão de Deus, passamos a perdoar. O Espírito Santo dirige nossas vidas e nos leve a amar os outros como Ele mesmo os ama. Assim, o mesmo acontece com a compreensão, com a alegria, com a justiça e com a verdade.

Terceiro Passo: A Conversão. O Espírito Santo nos leva a mudança de costumes, de hábitos negativos e nos leva a viver de uma maneira elevada provocando em nós os frutos de sua presença (Gl 5, 16-25).

Quarto Passo: A Evangelização no poder do Espírito Santo e a vida na Célula. O Espírito Santo nos impulsiona a anunciar sem medo a Boa Nova de Jesus (At 2,14-36) e a vivermos unidos, formando células que se reúnem nas casas (At 2,42-47). Essas Células é o lugar de comunhão com os irmãos e o crescimento da ação do Espírito Santo, nos preparando para a missão. Como também, a exercermos dons e ministérios para a edificação da Igreja.

Quinto Passo: O Grupo de Oração. Um dos meios pelos quais podemos cultivar a vida no Espírito Santo é participando dos Grupos de Oração. Onde nos reunimos para louvar, adorar e glorificar a Deus escutando a sua Palavra. Como também, intercedemos uns pelos outros, deixando que o Espírito continue em nós a obra de santificação.

Deixemos o Espírito Santo fazer sua obra de educação e santificação, pois, Ele nos convence e nos revela intimamente o Pai (Rm 8, 15; Gl 4, 6). Quando movidos pelo Espírito Santo e cheios do amor de Deus, desejamos muito que Jesus venha tomar conta de nós e orientar nossas vidas. E somente sob a ação do Espírito Santo podemos proclamar Jesus como o Senhor (1Cor 12, 3).

Compartilhe esta postagem: