IGREJA NO BRASIL AGORA CONTA COM O SERVIÇO DE UM OBSERVATÓRIO DA COMUNICAÇÃO RELIGIOSA

IGREJA NO BRASIL AGORA CONTA COM O SERVIÇO DE UM OBSERVATÓRIO DA COMUNICAÇÃO RELIGIOSA

janeiro 9, 2021 0 Por Vaneo celio de Lima

Desde o final do ano passado, a Igreja conta com o trabalho do um Observatório da Comunicação Religiosa no Brasil. Trata-se de uma iniciativa que foi puxada pela Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), com a adesão da Comissão Brasileira de Justiça e Paz (CBJP). Este observatório está a serviço da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Reunião do Observatório da Comunicação Religiosa no Brasil, dia 26 de outubro de 2020. Neste encontro, a equipe foi oficialmente confirmada. Foto: print.

O órgão é composto por uma equipe de reflexão permanente e conta com a participação de religiosos, religiosas, leigos e leigas. O trabalho está sob a coordenação da irmã Neusa dos Santos, doutora em Comunicação e Semiótica, do padre Dário Dário Bossi, provincial dos Missionários Combonianos e do professor emérito da Faculdade de Comunicação da Unb, em Brasília-DF, Venício A. de Lima, também pesquisador e autor de vários livros referenciais sobre o diálogo no campo de comunicação.

As reuniões do observatório contarão, em momentos específicos, com a presença da presidente da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), irmã Maria Inês Ribeiro, e do bispo auxiliar de Belo Horizonte (MG) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da CNBB, dom Joaquim Mol.

Segundo a irmã Neusa dos Santos, membro da coordenação, este Observatório inspira-se no valor da comunicação como processo evangelizador a serviço de uma autêntica cultura do encontro e quer contribuir para qualificar sempre mais a comunicação da Igreja Católica no País.

Tem por objetivo oferecer à Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação e à Assessoria de Comunicação da CNBB uma análise permanente e concreta das diversas formas e meios de comunicação da Igreja no Brasil, incluindo os veículos de massa (Televisão, Rádio e Jornal), as mídias sociais e analisando também a interação da comunicação religiosa com a sociedade.

O Observatório proporá um calendário de ações voltada para a Comunicação da Igreja Católica em suas diversas esferas, oferecendo à Comissão para a Comunicação da CNBB e ao Conselho Permanente da entidade uma análise de mídia ou de tema de aprofundamento ao longo do ano.

Membros do Observatório de Comunicação

 

Coordenação:
Irmã M. Neusa dos Santos, religiosa da Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição, (jornalista, doutora em Comunicação e Semiótica e mestra em Comunicação e Consumo)
Padre Dário Bossi, MCCJ, provincial dos Missionários Combonianos
Venício Lima, professor emérito da Universidade de Brasília

Irmã Helena Corazza, FSP,  diretora do SEPAC Paulinas (Serviço à Pastoral da Comunicação)
Irmã Patrícia Silva, FSP, assessora de comunicação da CRB)
Irmão Alan Patrick Zuccherato, C.Ss.R, diretor de programação da TV Aparecida)
Padre Antônio Iraildo Alves de Brito, SSP, diretor da FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação);
Robson Sávio, especialista em Teoria e Prática da Comunicação, coordenador do Nesp/PUC Minas e membro do grupo de análise de conjuntura política da CNBB
Milton Rondó Filho, diplomata aposentado pelo Instituto Rio Branco

Fonte: cnbb.org.br

Compartilhe esta postagem: